Posts Tagged ‘Marcelo Gomes’

Ciclo de Aniversário: 2 anos de Benedita Cineclube!

fevereiro 27, 2012

 

O Benedita Cineclube fica no Espaço Cultural Sinhá Prado – Av. Virgílio de Melo Franco, 481 – Cambuquira-MG

Entrada Franca!

primeira sessão: Cinema, Aspirinas e Urubus

março 1, 2010

Cinema, Aspirinas e Urubus foi escolhido como filme de estréia do Benedita Cineclube, e será exibido no próximo sábado, 6 de março, às 16h. Aqui você encontra mais informações sobre o filme e sobre outros trabalhos do diretor Marcelo Gomes.


Cinema, Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes
BRASIL – PB/PE, 2005, ficção, 101 min.

O longa-metragem recebeu mais de 40 prêmios em festivais nacionais e internacionais. Teve sua estréia mundial no Festival de Cannes/França, na mostra “Um Certo Olhar”, onde recebeu o “Prêmio da Educação Nacional”, criado pelo Ministério da Educação Nacional, que prevê a distribuição do filme, através de um DVD pedagógico, para aproximadamente um milhão de estudantes franceses.

Sinopse:

1942. No meio do sertão nordestino, dois homens se encontram: Johann, um alemão que fugiu da Guerra, e Ranulpho, um brasileiro que quer escapar da seca que assola a região. Viajando de povoado em povoado, eles exibem filmes para pessoas que já haviam conhecido o cinema, para vender um remédio “milagroso”. Continuando a cruzar as estradas empoeiradas de um sertão arcaico, eles buscam novos horizontes em suas vidas. Nesta jornada, os dois aprendem a respeitar as diferenças e surge entre eles uma amizade incomum, mas que marcará suas vidas para sempre.

Ficha Técnica (fonte: Programadora Brasil)

Direção: Marcelo Gomes

Roteiro: Marcelo Gomes, Paulo Caldas, Karim Aïnouz
Elenco: Peter Ketnath, João Miguel, Hermila Guedes, Oswaldo Mil, Fabiana Pirro, Verônica Cavalcanti, Fernando Teixeira, Zezita Matos, Paula Francinete, Daniela Câmera, Irandhir Santos, Nanego Lira, Cláudio Nascimento
Empresa(s) Co-produtora(s): REC Produtores Associados Ltda
Produção Executiva: Maria Ionescu E João Vieira Jr.
Direção de Produção: Dedete Parente Costa
Direção Fotografia: Mauro Pineiro JR., ABC
Montagem/Edição: Karen Harley
Direção de Arte: Marcos Pedroso
Figurino: Beto Normal
Técnico de Som Direto: Márcio Câmara
Edição Som: Beto Ferraz
Descrições das Trilhas: Tomaz Alves Souza

Trailer

Crítica

por Eduardo Valente na Contracampo – Revista de Cinema

A melhor maneira de descrever seu impacto é afirmar que Cinema, aspirinas e urubus está fadado a ser um filme-paradigma no cinema brasileiro recente. Divisor de águas a partir do qual uma determinada condescendência não pode mais ser permitida, o filme de estréia de Marcelo Gomes em longa-metragem é um corpo absolutamente estranho e sem par no cinema nacional atual. Na verdade, ele flutua sobre este cinema como um espectro que amedronta pela capacidade de pôr às claras aquilo que tentava ser empurrado para baixo do tapete. É filme que não só afirma suas próprias qualidades, como ao fazê-lo revela aos outros suas insuficiências. Isso se dá, acima de tudo, por uma aposta tocante do filme nas possibilidades da ficção cinematográfica, da fabulação. A história de Johann e Ranulpho, espécie de buddy movie pelas estradas do sertão, comove exatamente pelo fato de seu registro apostar tão fortemente na verdade daquela construção ficcional. “Verdade” entendida aqui nem como verossimilhança, nem como “naturalismo”, e sim pelo sentido que realmente importa numa fabulação: a crença do próprio narrador (o cineasta) naquilo que nos narra. O filme acredita, o tempo todo, na verdade daqueles dois homens e no trajeto deles, e por isso mesmo nos faz aceitar o seu relato desde cedo.

continue lendo essa crítica no seu site original:

http://www.contracampo.com.br/75/cinemaaspirinas.htm

Mais impressões sobre o filme no site Cineclick por Angélica Brito:

http://cinema.cineclick.uol.com.br/criticas/ficha/filme/cinema-aspirinas-e-urubus/id/1128

A Revista Cinética entrevistou o diretor Marcelo Gomes sobre seus projetos após Cinema, Aspirinas e Urubus e os processos de produção (setembro/08).

http://www.revistacinetica.com.br/entmarcelogomes.htm

“Viajo porque preciso, volto porque te amo” é o trabalho mais recente de Marcelo Gomes, em parceria com Karim Aïnouz. Leia sobre:

Site Omelete, por Érico Borgo

“(…) por um lado é um típico filme-de-estrada… acompanha uma jornada tanto física quanto emocional. Por outro, é absolutamente inovador. (…)”

na íntegra: http://www.omelete.com.br/cine/100022976/Critica__Viajo_Porque_Preciso__Volto_Porque_Te_Amo.aspx

Jornal O Globo, texto do leitor Vinícius Esperança Lopes

“(…)”Viajo” é genial. Um sopro de vida. É ligar o rádio aleatoriamente e encontrar a música favorita. Saímos machucados, tontos, apaixonados…

na íntegra: http://oglobo.globo.com/cultura/festivaldoRio2009/mat/2009/09/28/eu-bonequinho-assistiu-viajo-porque-preciso-volto-porque-te-amo-767811067.asp

Ciclo de Abertura – programação março 2010

fevereiro 25, 2010